Alunos do curso de iniciação profissional participam da Batalha de Robótica no SENAI Luzerna

Estudantes do curso de Iniciação Profissional do SENAI Luzerna, participaram de um desafio lúdico e criativo na sexta-feira (07). Conhecida como Batalha Sumô de Robótica, alunos do curso que possuem entre 14 e 17 anos, e tiveram que construir seus próprios robôs para a batalha.

Alunos do curso de iniciação profissional participam da Batalha de Robótica no SENAI Luzerna
Alunos do curso de iniciação profissional participam da Batalha de Robótica no SENAI Luzerna

Conforme Samuel Bahu Rovea, que é professor do curso técnico de Automação Industrial e do curso de instalação elétrica de Eletrotécnica em Luzerna e Campos Novos, a atividade englobou atividades na parte de robótica leve, programação em arduino, instalação elétricas industriais e prediais e automação. “Os alunos tiveram que pensar na lógica de programação para tirar o oponente do ringue, montar o robô e pensaram na estrutura que erga o outro robô, com tração e força. Além disso os robôs, construídos em Lego, tiveram que desenvolver a criatividade e também desenvolve o processo industrial e trabalhar em equipe”, explicou.

Os alunos foram divididos em quatro grupos
Os alunos foram divididos em quatro grupos

Os alunos foram divididos em quatro grupos e o vencedor foi o que utilizou a melhor estratégia e programação, a equipe campeã foi a Gambi4Play e a segunda colocada LeleBolt.

“Este curso tem o intuito em despertar nos alunos o interesse por cursos que são oferecidos pela instituição de ensino. E dar um gostinho em diversas situações do que se aprende em nos cursos técnicos, já que é nesta fase que inicia a busca por que profissão escolher. Queremos encaminhar o aluno ensino médio a querer saber o que fazer e qual curso técnico seguir e após a conclusão do ensino médio já começar a trabalhar na área que gosta”.

De acordo com a diretora do Diretora das Unidades FIESC – SENAI do Meio Oeste, os cursos de iniciação foram elaborados pensando em oportunizar a estes alunos experiências diferenciadas no contraturno escolar. “As aulas acontecem uma ou duas vezes na semana. Essa turma, é fruto de parceria entre a Prefeitura Ibicaré e alunos da própria comunidade que buscam uma atividade lúdica diferente, com conceitos de elétrica e automação. Já que possui uma fundamentação teórica mais leve e divertida”, conta. “Essa modalidade de curso é uma porta de entrada para a profissionalização e garante muitas oportunidades de aprendizagem e técnica, já que também pode despertar o gosto do aluno pelas atividades, e nesta fase descobrir a profissão que gostaria de seguir, e vir a ser um aluno de algum dos cursos técnicos do SENAI”.

Fonte: Paula Patussi

Veja agora

Abertas as inscrições para a 31ª Edição do Dance Joaçaba

Iniciou nesta segunda-feira (20) as inscrições para a 31ª edição Dance Joaçaba. O evento, que …