Saúde realiza evento macro-regional de regulação em Joaçaba

Nesta segunda e terça-feira, 3 e 4 de julho, em Joaçaba, técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apresentam para gestores, prestadores de serviços e técnicos envolvidos no processo regulatório da Macro região Meio Oeste as ações estruturantes da Política Estadual de Regulação. Elas visam a efetivação da Lei Estadual nº 17.066, de 11 de janeiro de 2017, que dispõe sobre a publicação das filas de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) na internet.

Saúde realiza evento macrorregional de regulação em Joaçaba
Saúde realiza evento macro-regional de regulação em Joaçaba

O evento é realizado no Auditório Afonso Dresch da Unoesc. Nesta segunda-feira (3), a abertura contou com a presença de representantes da SES, da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Estado de Santa Catarina (Fehoesc), da Associação dos Hospitais do Estado de Santa Catarina (Ahesc) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). A Agência de Desenvolvimento Regional de Joaçaba foi representada pelo secretário executivo Rafael Laske, pelo gerente de Saúde, Orlando Fávero, e pelo gerente da Central de Regulação de Internações Hospitalares, Jardel Dal Zotto. Nesta terça-feira (4), a abertura será às 8h30.

Além da exposição sobre a publicação das filas de espera, a programação inclui debates e treinamentos do sistema SISREG. Na oportunidade será exposta uma nova dinâmica na regulação das internações hospitalares, com a utilização do sistema no módulo hospitalar, também para a gestão das filas de Cirurgias Eletivas.

Os eventos são executados em todas as macro-regiões do Estado, sendo que já foram capacitadas as macro regiões da Foz do Rio Itajaí (31/05 e 01/06) e Sul (20 e 21/06). O Grande Oeste também será capacitado no mês de julho (18 e 19), o Vale do Itajaí (02 e 03) e a Serra (22 e 23) no mês de agosto e a Grande Florianópolis (05 e 06) e Norte e Nordeste (19 e 20) no mês de setembro.

Serão capacitados mais de 1.300 profissionais em todo Estado, incluindo gestores e técnicos dos municípios, das Gerências Regionais de Saúde, das Centrais de Regulação de Internações Hospitalares Macro regionais e dos Hospitais do Estado, que estruturarão os processos de trabalho e garantirão o aprimoramento da gestão.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Dr Vicente Caropreso, as ações produzirão além da transparência das filas do SUS, maior capacidade regulatória e fiscalizatória, a otimização dos recursos, o fortalecimento do processo de regionalização e reafirmarão o compromisso de todas as esferas com as diretrizes e os princípios do SUS.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Veja agora

Mulher é presa após furtar TV do CREAS de Herval d’Oeste

Por volta das 02h20 desta sexta-feira (12/07) a Polícia Militar foi acionada para prestar atendimento …