Rede Feminina de Combate ao Câncer comemora 15 anos em Joaçaba

A noite da sexta-feira (14) foi de festa para a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Joaçaba. Em evento, no Clube Cruzeiro, a entidade comemorou os 15 anos de fundação com o lançamento da terceira edição da Revista Outubro Rosa.

Após acompanharem as apresentações artísticas, os convidados se emocionaram com os depoimentos de três mulheres, que lutam contra o câncer (Marina Gabrielli Bressanelli, Marlene Luz e Olinda de Carli). Olinda foi aplaudida de pé depois de tirar a peruca para mostrar os efeitos da quimioterapia. Ela contou que após vencer o câncer de mama foi diagnosticada com câncer nos ossos, mas se mostrou otimista com a batalha.

A noite também foi marcada pela apresentação da nova madrinha da RFCC. Depois de dois anos, Nelci Trento Bortolini passou o título para Dona Ligia Zanardo. “Agradeço a oportunidade de estar com vocês, que realizam um trabalho solidário e de encorajamento as pessoas acometidas por essa doença. Peço a Deus que abençoe cada uma”, discursou Nelci.

O deputado federal Jorginho Mello, que prestigiou o evento, se colocou à disposição da Rede, e disse ter ficado emocionado com os depoimentos. “Quero parabenizar a grandiosidade do trabalho realizado por vocês, que abraçam as pessoas com paixão e mostram que essa não é uma luta que se deve enfrentar sozinho”.

A presidente da RFCC, Nair Motta, fez questão de agradecer o trabalho de Dirce Schmitt e Fernanda Marca, idealizadoras da Revista Outubro Rosa, que segundo ela, não medem esforços para que o evento aconteça com muito brilho. Sobre os 15 anos, a presidente destacou que são anos de dedicação visando alcançar o objetivo da entidade: promover ações de prevenção e combate ao câncer. “Com passos pequenos e seguros, e com a assessoria da Rede Feminina do Estado, estamos progredindo e aqui chegamos”, pontuou. “Graças ao valoroso trabalho das diretorias, de todas as voluntárias e colaboradores”, agradeceu.

A data foi marcada ainda por sorteio de brindes, bolo, jantar e apresentação dos cantores de Luzerna, Amanda Peliciolli e Sidinho, que animaram o evento.

Sobre a RFCC

A RFCC iniciou suas atividades em maio de 2001, através de Irineu Parolin, na época, presidente da Associação de Doadores Voluntários de Sangue. Os encontros aconteciam no Hemosc de Joaçaba.

Atualmente, a Rede é formada por mais de 50 mulheres, muitas das quais superaram o câncer e hoje prestam apoio a quem está passando pelo tratamento. A entidade atende na Rua Getúlio Vargas, nº 1075, onde são realizadas as coletas de material para exames preventivos de câncer de colo do útero, além do exame clínico das mamas e encaminhamento para exames de mamografia e ultrassom.

De janeiro a julho de 2016, foram realizados 652 exames preventivos, mais de 660 exames clínicos de mama, 176 mamografias, além de 140 exames de ultrassom. A entidade também presta auxílio nas questões jurídicas e atividades que promovem o bem estar.

Fonte: Caco da Rosa

Veja agora

Fim de semana deve ter chuva volumosa, risco de inundações e frio intenso em SC

Chuva deve prevalecer no fim de semana em SC (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM) Chuvas médias de …