Jovem morre durante caçada; ele disparou um tiro acidental contra a própria cabeça

Um jovem, de 20 anos, morreu com disparo acidental de arma de fogo. O ijuense, Daniel Przybitowicz Martini, estava realizando atividade de caça, juntamente com um primo, quando o acidente aconteceu. Os dois jovens, ambos de 20 anos, estavam caçando javali, no interior de Alegrete, na localidade do Durasnal.

O jovem tinha 20 anos – Foto: Arquivo pessoal

Por volta das 10h30min de sábado (27), ele saiu com o primo e o tio que também os acompanhava ficou na sede do estabelecimento rural. Pouco tempo depois, o homem de 50 anos, também natural de Ijuí, foi comunicado pelo filho que Daniel estava ferido por um disparo de arma de fogo na face.

A Delegacia de Polícia foi comunicada, assim como os bombeiros, devido ao local ser um banhado de difícil acesso. O delegado Valeriano Neto disse que como o local já havia sido desfeito, a perícia não foi acionada.

Uma testemunha teria informado aos policiais que a vítima foi tirar um cachorro da água e a arma bateu com a coronha no chão e disparou. O tiro pegou abaixo do queixo. Daniel morreu no local. Ele foi removido à necropsia que foi realizada no IML da Santa Casa de Alegrete. O corpo foi transladado para Ijuí, onde foi velado e sepultado. A arma é uma calibre 12.

Fonte: Rádio Alto Uruguai com informações do Alegrete Tudo

Veja agora

Corpo de homem desaparecido é encontrado esquartejado em Herval d’Oeste

O corpo de um homem foi encontrado esquartejado em Herval d’Oeste na tarde desta terça-feira …