Gigante árabe do ramo de operações portuárias quer investir em SC

A comitiva catarinense, liderada pelo governador Jorginho Mello, visitou na manhã desta terça-feira (20) a DP World, nos Emirados Árabes Unidos. A empresa é considerada uma gigante no ramo de operações portuárias, chegando a movimentar 10% de toda carga transportada no mundo.

Durante a visita, as potencialidades de investimentos no setor catarinense foram apresentadas pelo governador. Ao final da reunião, os representantes da operadora adiantaram que conhecem Santa Catarina e que têm a intenção de participar da disputa pela operação do Porto de Itajaí, no Litoral Norte.

“Essa apresentação que estamos fazendo do estado aqui nos Emirados Árabes é fundamental para que as empresas que fazem grandes investimentos possam sentir segurança e, principalmente, que há espaço e grandes oportunidades de negócio em Santa Catarina. Nós temos muitos desafios para serem superados, mas para isso nós temos que sair e buscar soluções ao redor do mundo” afirmou o governador Jorginho Mello.

A DP World (Dubai Ports World) vem ampliando as suas operações no golfo árabe e ganha cada vez mais espaço com seu grande hub logístico em Dubai. A empresa tem capacidade para guardar 1 milhão de carros e 12 mil caminhões em contêineres. Além disso, realiza entregas para mais de 3 bilhões de pessoas no planeta todos os anos.

Participaram ainda da reunião o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro de Nadal, o senador Jorge Seif, os secretários da Articulação Internacional, Juliano Froehner, da Fazenda, Cleverson Siewert, o presidente da Fecam, prefeito Fabricio Oliveira, e o deputado Antidio Lunelli. Também integram o grupo da missão internacional o presidente da Federação das Indústrias do Estado de SC (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, da Associação Catarinenses das Fundações Educacionais (Acafe), Luciane Ceretta e o diretor do GT de Internacionalização da Acate, Lisandro Vieira.

Emirado de Dubai

Dubai é a capital do emirado de Dubai nos Emirados Árabes Unidos (EAU). É uma cidade dinâmica conhecida por seus arranha-céus, portos, praias e setores empresariais e turísticos vibrantes. Dubai tem uma população diversificada devido à sua grande comunidade de expatriados e é caracterizada pela tolerância e diversidade religiosa, com o Islã como religião majoritária, mas também lar de várias outras fés.

A economia do Dubai é baseada no comércio, com dois importantes portos e um movimentado hub internacional de carga aérea. Também abriga zonas de livre comércio que atraem investimentos estrangeiros. O turismo é um foco importante, com resorts e atrações grandiosas. O setor imobiliário tem sido fundamental, permitindo que investidores estrangeiros comprem propriedades com arrendamentos longos.

A história de Dubai remonta a uma pequena vila de pescadores no século XVIII. Rapidamente se desenvolveu em um centro de mergulho em busca de pérolas e comércio devido às políticas favoráveis aos negócios e à localização estratégica. A riqueza do petróleo na segunda metade do século XX financiou importantes projetos de infraestrutura, levando à sua modernização. A cidade diversificou sua economia na década de 1990, focando no turismo, imobiliário e finanças, atraindo expatriados qualificados de todo o mundo e tornando-se uma metrópole cosmopolita e liberal na região.

Hoje, a paisagem da cidade inclui ilhas artificiais como a Palm Jumeirah e as ilhas “Mundo”, que contribuíram para sua indústria turística em crescimento. O Dubai Creek, um canal natural, desempenhou um papel significativo na história inicial da cidade, e edifícios mais antigos podem ser encontrados ao longo de suas margens.

Fonte: Secom

Veja agora

Servidores da Secretaria de Assistência Social de Herval d’Oeste ocuparam a tribuna da Câmara de vereadores do município

Estiveram na sessão na última segunda-feira (15), o Secretário de Assistência Social, Sérgio Moacir do …