Clamor popular pede redução no número de vereadores em Herval d’Oeste

Após as eleições municipais de outubro, intensificou-se nas redes sociais o clamor popular para a redução no número de vereadores em Herval d’Oeste. Atualmente são 11, a comunidade pede para que a quantidade seja de 09 cadeiras.

Opinião em rede social
Opinião em rede social

Algumas tentativas, ao longo dos últimos anos, buscaram a redução, mas sem sucesso. Por exemplo, em junho do ano passado o mesmo assunto foi debatido pelos vereadores. Na ocasião, a votação manteve os 11 vereadores.

Na votação realizada no plenário da Câmara: Davi Frozza (PSD), Everton Parisenti (PMDB), Joner Miguelão (PMDB), Neri Vidal (PMDB), Sérgio Moacir do Nascimento (PP), e Leo Mascarello (PSD) votaram a favor da redução.

Adelar Provenci (PSDB), Jean Patrick Giusti (PSDB), Jucemar Katchor (PSD), e Osni Silveira de Ávila (PSD) se abstiveram, ou seja, não declararam voto e Vanderlei Antunes da Silva (PR) votou contra a redução.

Crise econômica reforça pedido pela redução

De acordo com as informações, o principal motivo pela redução está na crise financeira que Herval d’Oeste enfrenta atualmente. Segundo o Portal da Transparência, o salário de cada vereador hervalense é de R$ 3.796,30, além de encargos sociais. Somados, o custo de dois vereadores se aproxima de R$ 500 mil em quatro anos de gestão.

Opinião de um internauta em sua rede social
Opinião de um internauta em sua rede social

Com o valor da economia, o que poderia ser feito?

– Adquirir, aproximadamente, 150 mil litros de óleo diesel para a Secretaria de Obras e Agricultura (divididos por quatro anos, são 102 litros disponíveis todos os dias)

Opinião publicada em rede social
Opinião publicada em rede social

– Comprar 15 veículos para atender a comunidade;

– Construir mais uma unidade de saúde;

– Promover mudanças no sistema de trânsito na área central de Herval d’Oeste.

– Investir, aproximadamente, R$ 10 mil mensais na compra de medicamentos

Projeto está sendo novamente em análise

Na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Herval d’Oeste, realizada na noite de 10 de outubro, o assunto voltou a ser debatido entre os parlamentares. A proposta de redução foi levantada pelo vereador Juarez de Sousa (PMDB) que explicou a motivação de, novamente, buscar a redução:

O presidente da Câmara de Vereadores, Adelar José Provenci (PR), explicou os motivos pelos quais o projeto de lei não foi colocado em votação na sessão realizada na semana passada:

Apesar dessa possibilidade, pelo que rege a Lei Orgânica de Herval d’Oeste, a votação pela redução não acontecerá neste ano:

Artigo nº 19 – Compete, privativamente a câmara municipal:

XXVII= ” Fixar o número de vereadores e o subsídio dos agentes políticos ATÉ doze meses antes do encerramento da legislatura para a subsequente…”

Ainda há uma indefinição sobre a possibilidade do projeto ir a votação ainda neste ano. Se for, a mudança acontecerá somente na legislatura de 2021/2024.

Veja agora

Trecho da SC-355 entre Catanduvas e Jaborá fica interditado nesta terça-feira (23)

Foto: Divulgação / SIE A Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que a SC-355, …