Chuva congelada é registrada em Xanxerê, Irani, Catanduvas, Herval e Joaçaba

Chuva congelada é registrada em Xanxerê, Irani, Catanduvas, Herval e Joaçaba
Chuva congelada é registrada em Xanxerê, Irani, Catanduvas, Herval e Joaçaba

Por volta das 15h30min dessa segunda-feira (17), xanxerenses puderam avistar, durante alguns minutos, um fenômeno climático típico de acontecer durante as baixas temperaturas no Sul do país. A chuva congelada que caiu durante a tarde acontece quando a chuva atravessa uma camada atmosférica onde a temperatura está próxima ou inferior a 0°C, o que faz com que a água mude de líquida para sólida.

A chuva congelada não é confundida com granizo porque sempre ocorre em áreas de transição entre a chuva e a neve. É comum se dizer que essa precipitação é o estágio inicial da neve. Entretanto, a chuva congelada é mais pesada e não flutua como a neve.

Durante a precipitação de chuva congelada, os termômetros em Xanxerê marcavam 3°C, segundo a Defesa Civil, o que contribuiu para manter as pedras de gelo e proporcionar esse momento aos xanxerenses.

Já na região de Joaçaba, por volta das 16h40, moradores disseram que nas proximidades do distrito de Nova Petrópolis o fenômeno da chuva congelada também foi registrado. O mesmo acontecendo na cidade de Catanduvas, isso por volta das 17h30 e também Irani.

Entenda a diferença entre neve, sincelo, chuva congelada e geada:

NEVE: é a precipitação de cristais de gelo translúcidos e brancos formados pelo congelamento do vapor d’água que se encontra suspenso na atmosfera. Para que ocorra a neve, é necessária uma combinação de fatores, o cenário ideal é de umidade, temperatura perto de -3ºC e altitude acima de 3 mil metros, segundo o meteorologista Clóvis Correa, da Epagri/Ciram.

SINCELO: ocorre quando a baixa nebulosidade, como o nevoeiro, é tocada pelo vento gelado, gruda em árvores, cercas ou objetos e congela, formando uma concentração de gelo. O sincelo ocorre em poucas áreas do Brasil, o Morro das Torres, em Urupema, é perfeito pra ocorrência do fenômeno por causa do relevo.

CHUVA CONGELADA: é quando a precipitação cai na forma de gelo, mas não é confundida com granizo, porque ocorre sempre em áreas de transição entre a chuva e a neve. Costuma-se dizer que é o estágio inicial da neve, por isso os fenômenos podem ser confundidos, mas a chuva congelada é mais pesada e não flutua, como ocorre com a neve.

GEADA: é o orvalho congelado quando as temperaturas próximas ao solo estão muito baixas. A geada branca é aparente, como na foto abaixo, mas também existe a chamada geada negra, que ocorre quando o vento está muito frio e congela o sulco que há dentro das árvores e dos vegetais, fazendo com que a planta fique preta e até morra.

CHUVA CONGELANTE: cai como uma chuva normal, líquida, mas que está muito perto do ponto de solidificação, assim, ela congela ao tocar o solo. A temperatura do chão tem que estar em temperatura negativa para que o fenômeno ocorra.

Fonte: Tudo Sobre Xanxerê

Veja agora

PM recupera motocicleta furtada. Proprietário ainda não havia percebido o furto

Uma motocicleta foi recuperada na noite desta quarta-feira(23/05) pela Polícia Militar de Herval d’Oeste, num …