CDL Herval d’ Oeste e Polícia Militar atuam na implantação da Rede de Vizinhos

Preocupados em aumentar a segurança da comunidade hervalense e dos estabelecimentos comerciais. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Herval d’ Oeste e o 26 º Batalhão da Polícia Militar iniciaram a implantação do projeto Rede de Vizinhos.

CDL Herval d' Oeste e Polícia Militar atuam na implantação da Rede de Vizinhos
CDL Herval d’ Oeste e Polícia Militar atuam na implantação da Rede de Vizinhos

A Rede de Vizinhos é um programa institucional da Polícia Militar e funciona em parceria com a comunidade e empresários, como ferramenta de prevenção à criminalidade. Grupos serão criados no Whatsapp e são monitorados pela PM onde são trocadas informações de determinadas regiões.

Em Herval d’ Oeste, o município foi dividido em três células, o projeto está em fase de sensibilização com encontros e após isso ocorrera a implantação, com  cadastramento do grupo que deve durar cerca de 15 dias. De acordo com a PM se espera que aproximadamente 150 estabelecimentos comerciais participem da ação.

O presidente da CDL de Herval d’ Oeste, Joceli Andrade destacou que a parceria objetiva diminuir a incidência de crimes no comércio e entorno e garantir mais segurança aos estabelecimentos comerciais, além de reforçar as ações de ambas as instituições. “A Rede de Vizinhos é uma grande ferramenta onde as pessoas são os olhos da Polícia em seus bairros ou no seu comércio. Utilizando dessa ferramenta como um laço cada vez maior entre vizinhos e comerciantes”, pontuou.

A ferramenta principal utilizada para a criação dos grupos é o Whatsapp, que  terá a participação de um Policial Militar, e os integrantes trocam informações. A comunidade informa quando percebe atitudes suspeitas e a PM faz a averiguação e abordagem se necessário. A polícia também repassa orientações sobre segurança, detalha características de pessoas suspeitas e alerta sobre possíveis ocorrências na região do grupo. “O policial será o mediador do grupo, não será ele que vai movimentar totalmente o grupo, mas sim o líder do grupo. O papel do policial será filtrar essas informações, bem como dicas necessárias de segurança, palestras e reuniões com o grupo”, explicou o Tenente Alexandre…concluindo que a implantação do projeto vai contribuir a favor da segurança dos estabelecimentos de cada associado.

Futuramente o programa pode ter adesão dos bairros e comunidades de Herval d’ Oeste, a favor da prevenção contra roubos e furtos.

Fonte:Agência Nativa

Veja agora

Motorista perde a vida após acidente na BR-470 em Brunópolis

O Corpo de Bombeiros de Curitibanos registrou na manhã desta segunda-feira, 04 de março, por …