Áudio mostra desespero de professora ao chamar bombeiros durante ataque a creche em Saudades: ‘Crianças feridas’; ouça

Foi o bombeiro Lázaro Muller, de 60 anos, que atendeu a primeira ligação comunicando sobre o ataque a uma creche em Saudades, no Oeste Catarinense, na terça-feira (4). Ele conta que o pedido de socorro vinha de uma professora que estava no local. Outras duas ligações foram feitas em seguida, quando as equipes já haviam sido comunicadas sobre o ataque.

Assim que o bombeiro atendeu a ligação, uma funcionária fala: “Meu Deus, socorro, tem um maníaco aqui na creche. Está esfaqueando”.

Em alguns momentos da ligação, a voz da mulher fica alterada e o subtenente tenta tranquilizá-la para entender o que estava acontecendo. “Calma senhora, calma”, pede o bombeiro.

Chorando, ela alerta: “Ele entrou na creche com um facão. Ele machucou as ‘profes’”, diz a mulher. “As crianças estão todas feridas”, afirma – ouça no áudio abaixo.

Fonte: G1

Veja agora

PRF resgata gata que viajava escondida debaixo de caminhão na BR-101

Na noite dessa segunda-feira (22) na BR-101, em Paulo Lopes, policiais rodoviários federais abordaram uma …