Temporal provoca estragos em cidades de SC e homem morre atingido por raio

A chuva e os fortes ventos registrados na tarde deste domingo (17) provocaram estragos em cidades catarinenses. Uma pessoa morreu atingida por um raio. No total, 84 residências e 336 pessoas foram afetadas em pelo menos 16 municípios.

Parte de telhado de escola municipal em Forquilinha desabou (Foto: Assessoria/Prefeitura de Forquilhinha)
Parte de telhado de escola municipal em Forquilinha desabou (Foto: Assessoria/Prefeitura de Forquilhinha)

Conforme a última atualização da Defesa Civil estadual, houve ocorrências relacionadas ao temporal em Meleiro, Sombrio, Gravatal, Armazém, Lebon Régis, Laguna, Forquilhinha, Araranguá, Morro Grande, Herval D’Oeste, Criciúma, Imaruí, Imbituba, Araquari, São Cristóvão do Sul e Rancho Queimado. Essas duas últimas cidades tiveram ainda chuva de granizo. Em Laguna, foram registrados também alagamentos pontuais. Nessas três cidades, além das demais, teve vento forte. Em Criciúma foi registrado vendaval, com velocidade de 98 km/h.

Em Forquilhinha, no Sul do estado, um homem de 57 anos foi atingido por um raio ao tentar arrumar o telhado. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado, mas quando chegou ao local a vítima já estava sem vida.

Na mesma cidade, a força do vento destelhou parte da Escola de Educação Básica Professor Jakob Arns, no bairro Saturno. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, o telhado caiu numa extensão de quatro salas de aula. Houve ainda destelhamento da construção nova delegacia no município e de algumas casas da cidade.

Também foram registrados estragos em Chapecó, na região Oeste, onde as rajadas chegaram a 85 km/h, segundo a técnica em meteorologia Bianca Souza. O vendaval derrubou uma estrutura de Natal montada na rua Coberta, no Largo da Catedral Santo Antônio. Por causa da queda, os shows de luzes e sons dançantes deste ano foram cancelados, informou a prefeitura.

Estrutura de Natal foi derrubada em Chapecó (Foto: Valeska Lippel/NSC TV)
Estrutura de Natal foi derrubada em Chapecó (Foto: Valeska Lippel/NSC TV)

A orientação é que a população não se aproxime do local até que o material que caiu seja completamente removido.

Força do vento

Conforme Bianca Souza, a maior rajada de vento registrada até o fim da tarde deste domingo foi em Criciúma, no Sul do estado, com 98 km/h. Veja a lista:

  • 98 km/h Criciúma
  • 85 km/h Chapecó
  • 83 km/h Araranguá
  • 67 km/h São Miguel do Oeste
  • 67 km/h Curitibanos
  • 63 km/h Caibi
  • 45 km/h São José

Fonte: G1

Veja agora

Abraço Coletivo é realizado entre as pontes de Joaçaba e Herval d’Oeste

Na manhã desta quinta-feira (16) as pontes Jorge Lacerda e Emílio Baumgart, entre Herval d’Oeste …