Prefeitura de Joaçaba espera arrecadar 13 milhões com o IPTU

Prefeitura de Joaçaba espera arrecadar 13 milhões com o IPTU
Prefeitura de Joaçaba espera arrecadar 13 milhões com o IPTU

Com o recebimento do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU – a Administração de Joaçaba prevê uma arrecadação de aproximadamente 13 milhões em 2018. Os pagamentos podem ser feitos a partir do dia 13 de abril e os carnês já estão disponíveis no site da Prefeitura, conforme informou o secretário de Administração e Finanças, Jorge Dresch. Atendendo a um convite feito pelo presidente da Casa Legislativa, Almir Pastori e pelo vereador André Dalsenter, ele esteve na tribuna da Câmara de Vereadores em sessão desta terça-feira (20) para falar sobre as ações da pasta.

Jorge ressaltou que por iniciativa da atual Administração, houve a supressão do reajuste de 10% previsto para a planta de valores, que passaria a vigorar agora em 2018 e que incide sobre o IPTU. Disse que foi formada uma comissão permanente para avaliar possíveis reajustes, corrigir falhas e criar uma justiça fiscal em relação ao IPTU. “Hoje quem melhora seu imóvel acaba sendo penalizado ao ter que pagar mais impostos, isso precisa ser revisto”, afirmou o secretário. Segundo ele, além da comissão de revisão do IPTU, outras comissões também seguem avaliando a revisão do Estatuto dos Servidores e do Código Tributário.

Conclusão de obras

Sobre as duas maiores obras em andamento no momento, o secretário informou que o parque municipal, cuja obra foi iniciada pela gestão anterior e que está sendo finalizada agora, terá um custo superior a R$ 5 milhões e deve ser concluída nos próximos 60 dias. Já sobre as obras do Ginásio de Esportes no bairro Santa Tereza, o secretário afirmou que não há previsão para término devido aos diversos ajustes de projetos que precisaram ser feitos. Sobre o funcionamento do posto de saúde no bairro São Brás, Dresch informou que até o mês de maio será realizado concurso público para contratação dos profissionais que irão atuar aquela unidade e para outros setores da Prefeitura.

Três milhões gastos com férias vencidas de servidores

Sobre o problema encontrado pela atual Administração onde inúmeros servidores encontravam-se com muitas férias vencidas – segundo ele haviam casos de servidores com até 9 férias não retiradas e não pagas – ele disse que até o final deste ano a Prefeitura espera ter solucionado todos os casos e que o gasto com esta ação será de aproximadamente R$ 3 milhões de reais. “São recursos que poderiam estar sendo investidos em outras áreas mas, observamos este problema ao assumir a Prefeitura e estamos resolvendo”.

Carnaval: recursos devolvidos não devem retornar para a Prefeitura

O secretário foi questionado sobre a devolução de recursos que a Prefeitura de Joaçaba foi obrigada a fazer ao final de 2017, para o Fundo Estadual de Incentivo ao Turismo, por não ter cumprido o que previa um convênio firmado em 2015 e, cujos recursos seriam destinados ao desfile das escolas de samba daquele ano. Jorge disse que acredita que estes recursos não irão retornar ao caixa da Prefeitura. O secretário abordou ainda diversos outros assuntos, respondeu a questionamentos feitos pelos vereadores e agradeceu a sua equipe de trabalho.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Veja agora

Joaçaba Futsal disputa a Superliga Gazin de Futsal

O Joaçaba Futsal segue a preparação para as principais competições do ano e, a partir …