Delegado confirma que criança de 3 anos foi abusada pelo avô

Delegado confirma que criança de 3 anos foi abusada pelo avô
Delegado confirma que criança de 3 anos foi abusada pelo avô

O delegado Fernando Guzzi, que coordena a investigação do estupro de vulnerável ocorrido na noite de Natal, em Caçador, confirmou que a vítima de 3 anos sofreu abuso sexual do avô. O acusado de cometer o crime foi preso pela Polícia Militar e se encontra recolhido no Presídio.

Segundo a autoridade policial, no mesmo dia a criança passou por exame, o qual não constatou conjunção carnal. Porém, o estupro ficou comprovado através de interrogatórios e depoimentos.

“Constatei que houve a prática de outros atos libidinosos, o que foi confirmado pelo próprio investigado em interrogatório”, disse Guzzi.

Conforme o relato policial, a mãe da criança foi quem flagrou o homem cometendo o crime. O avô estava passando a mão no órgão genital da menina, a qual estava com a calça baixada.

O investigado continua preso e a criança passa por acompanhamento dos psicólogos policiais da Delegacia de Proteção à Criança, de Caçador. Ela também foi encaminhada aos demais órgãos de proteção.

A roupa que a criança vestia também passará por perícia, pois na calça há uma manja que pode ser esperma do acusado.

Alerta

O delegado Guzzi faz um alerta à população para que fique atenta a qualquer indício de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Segundo ele, denúncias podem ser feitas de forma totalmente anônima e segura.

“Fica o alerta para os pais, pois em muitas oportunidades o agressor é alguém que convive com a vítima ou alguém próximo da família. Denúncias podem ser realizadas diretamente na Polícia Civil, ou por meio do Disk 100, no qual o denunciante tem a identidade preservada”, finaliza.

Fonte: Caçador Online

Veja agora

Atletas da AMOB conquistam 10 medalhas na II Etapa do Circuito Nacional de Badminton em Curitiba

A Associação Meio Oeste de Badminton (AMOB) de Joaçaba, participou entre os dias 14 a …