Ações do Sindicato da construção civil reduzem acidentes de trabalho

Foto:Pedro Nogueira, presidente do Sindicato
Foto:Pedro Nogueira, presidente do Sindicato

Em menos de dois anos, Joaçaba não apenas deixou de liderar as estatísticas de mortes relacionadas a acidentes de trabalho na construção civil, como também zerou estes números. Ao utilizar da tribuna da Câmara de Vereadores de Joaçaba em sessão de terça-feira (22), Pedro Nogueira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Joaçaba disse que, em 2015, proporcionalmente ao número de habitantes, Joaçaba registrou mais mortes por acidentes de trabalho na construção civil que Joinville, a maior cidade do Estado. Naquele período, foram registradas 17 mortes.

Ao assumir a presidência da entidade naquele ano, Nogueira diz que diversas ações foram iniciadas justamente com o objetivo de reduzir este índice. Fato que, segundo ele, está diretamente relacionado ao não conhecimento dos equipamentos de proteção individual (EPIs), cultura do não uso dos EPIs e, a falta de qualificação no uso dos equipamentos. “Assumimos a presidência com o compromisso de não discutir apenas a questão salarial mas, enfrentar e combater aquela triste realidade”, disse Nogueira.

Desde então, programas voltados a conscientização sobre a importância dos EPIs e a melhor maneira de utilizá-los passaram a fazer parte da rotina dos cerca de 700 trabalhadores vinculados ao setor na área de abrangência do sindicato. Além dos operários, proprietários ou responsáveis pelas empresas e órgãos relacionados a fiscalização também fazem parte das ações.

“De 2016 até agora não registramos nenhuma morte. Este é o resultado de um trabalho de conscientização de todos os envolvidos. Agora, estamos voltando nossa atenção ao público que faz parte dos Empreendedores Individuais – aqueles que não tem vínculo direto com as empresas – e que formam um público ainda desassistido”, afirmou Nogueira.

O vereador Sergio Favretto foi quem fez o convite para o sindicato estar na tribuna da Câmara. Ele acredita que é necessário discutir as problemáticas dos setor e unir forças em busca de soluções. Sergio já propôs, inclusive, a realização de um seminário da construção civil em Joaçaba.

Fonte: Adriana Panizzi/Assessoria de Comunicação

Veja agora

Mesa-tenistas de Joaçaba conquistam mais 21 medalhas estaduais

Os atletas da Pró Tênis de Mesa de Joaçaba participaram de três competições estaduais nestes …