PR e PP rompem na administração de Herval d Oeste

WhatsApp Image 2018-04-10 at 14.26.02
PR e PP rompem na administração de Herval d Oeste

Na noite de ontem na sessão ordinária da câmara de vereadores de Herval d Oeste, foi posto a votação em plenário, o projeto de lei nº001/2018 que pretendia retirar a produtividade dos funcionários (motoristas) efetivos do município hervalense. Na votação por maioria esmagadora de oito votos a dois, o projeto foi rejeitado pelos parlamentares. Segundo o presidente Valdenir Antonio Rodrigues o projeto já estava a mais de 40 dias em pauta. “Esse projeto já vinha a 42 dias tramitando, e todos sabem que há prazos regimentais, e hoje conseguimos colocar em votação, e cada vereador o fez conforme sua consciência.”

O presidente do sindicato dos funcionários públicos Waldemar do Amaral, comemorou a rejeição e agradeceu aos vereadores. “Lembrando que esta é a quinta vez que estamos acompanhando a votação, e as discussões vinham se estendendo, eu quero agradecer aos vereadores que se posicionaram a favor dos funcionários e agradecer também aos que votaram contra o funcionalismo.”

Racha na administração:

Com o resultado da noite de ontem, ficou evidenciado, que há um racha na administração de Herval d Oeste. Foram oito votos contra o projeto, incluindo um vereador do PR e dois vereadores do PP. Nossa reportagem procurou o prefeito Américo Lorini na manhã de hoje, que afirmou que a coligação PR-PP não existe mais. “A base esta rachada, rompeu na eleição para presidente da câmara, nós tínhamos uma coligação, e os vereadores romperam.” Questionado se é possível uma conversa junto a coordenação do PP, o prefeito foi enfático ao dizer que a parceria acabou. “Conversamos com o PP antes da votação, e já anunciamos que não existe mais coligação né, e eles estão livres como eu estou livre deles também.”

O que diz o PP:

O vice prefeito e também secretário de educação Mauro Martini, afirmou que os vereadores tem total liberdade para votarem como quiserem na casa legislativa, e também se posicionou sobre o racha colocando seu cargo a disposição. “Eu sempre respeitei a posição do prefeito e se ele achar necessário que o PP saia totalmente da administração, eu coloco o meu cargo a disposição e vou respeitar a posição do prefeito.”

Votaram a favor do projeto:

Adelar Provenci – PR

Vanderlei Antunes da Silva – PR

Votaram contra o projeto:

Adilson Teixeira – PSD

Diego Costa – PP

Everton Parisenti – MDB

João Marquese – PSD

Jucemar Katchor – PSD

Sérgio Moacir do Nascimento – PP

Osni Silveira de Ávila – PR

Ronaldo da Rosa – PSDB

Como faculta o regimento interno da câmara, já que o projeto tinha maioria dos vereadores pela rejeição o presidente Valdenir Antonio Rodrigues não precisou votar.

 

 

 

 

 

Veja agora

Homem tem perna esmagada após manobra de caminhão em Erval Velho

Nesta terça-feira, 27, um homem de 37 anos teve sua perna esmagada por um caminhão …