Operação “quilômetros de vantagens” tem continuidade e mais dois garagistas são presos em Herval

A polícia civil de Herval d’Oeste deu continuidade a operação “quilômetros de vantagens”, em alusão às fraudes em hodômetros (medidores da quilometragem dos automóveis).

VW/Gol ano 2006, que passou por vistoria em 2017 com 157 mil quilômetros rodados. No entanto, estava a venda atualmente com apenas 47mil
VW/Gol ano 2006, que passou por vistoria em 2017 com 157 mil quilômetros rodados. No entanto, estava a venda atualmente com apenas 47mil

A fiscalização iniciada na última segunda feira, que já tinha resultado na prisão de um garagista, foi efetuada em vários estabelecimentos que trabalham com a venda de veículos usados em Herval e culminou com a prisão na tarde de ontem sexta-feira (29), de mais dois garagistas na cidade

Agentes da Polícia Civil encontraram quatro veículos com sinais de adulteração, sendo os veículos WV/Gol, GM/Captiva, Ford Fiesta e uma Fiat/Palio Wekeend.

Os sócios alegaram que adquiriram os veículos dessa forma, porém não é o que apontam as investigações. “O Gol era de um particular e isso não é algo simples de se fazer, por isso acreditamos que as adulterações tenham sido feitas para impulsionar as vendas”, comentou o delegado.

WhatsApp Image 2019-03-29 at 20.21.07
Delegado Leandro Antônio de Sales

“Juntamos informações e verificamos que os hodômetros de quatro veículos haviam sido adulterados”, informou o delegado Leandro Antônio de Sales. “O que nos chamou mais a atenção foi um VW/Gol ano 2006, que passou por vistoria em 2017 com 157 mil quilômetros rodados. No entanto, estava a venda atualmente com apenas 47mil quilômetros”, acrescentou.

Os empresários foram autuados em flagrante e conduzidos ao presídio regional de Joaçaba por colocarem à disposição do consumidor um produto impróprio.

 

Veja agora

Joaçaba vence o Foz Cataratas e chega ao 5º jogo invicto

Pela 11ª rodada da Liga Nacional de Futsal (LNF), o Joaçaba venceu o Foz Cataratas …