MPSC abre inquérito para investigar gastos com diárias de vereadores

MP investiga gastos com diárias de vereadores
MP investiga gastos com diárias de vereadores

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) abriu um inquérito para investigar a suspeita de fraude no uso de diárias de viagens na Câmara de Vereadores de Campos Novos, na Serra Catarinense. De acordo com a promotora Raquel Blank, da 3ª Promotoria de Justiça, os nove vereadores de Campos Novos gastaram mais de R$ 165 mil em diárias em 2017. Em 2016, foram gastos R$ 54 mil com viagens.

A promotora solicitou à Câmara os documentos que comprovassem e justificassem essas viagens. A assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores informou estar aberta ao diálogo. Segundo a promotoria, dos documentos já analisados foi confirmado o uso de dinheiro público para pagamento de cursos, hotéis e bebidas alcóolicas. Em Campos Novos, não há legislação que obrigue o vereador a devolver o dinheiro que não foi gasto com diárias. O político também não é obrigado a comprovar o que ele pagou.

Para o Ministério Público isso é legal, mas é imoral. A promotora Raquel Blank deve se reunir com a Câmara de Vereadores e propor um termo de ajuste de conduta.

Fonte: G1/SC

Veja agora

Corpo de homem desaparecido é encontrado esquartejado em Herval d’Oeste

O corpo de um homem foi encontrado esquartejado em Herval d’Oeste na tarde desta terça-feira …