Mais de 250 residências foram atingidas por vendaval em Herval d’Oeste e Joaçaba

Residência localizada no Bairro São Jorge ficou praticamente destruída
Residência localizada no Bairro São Jorge ficou praticamente destruída

Os fortes ventos que atingiram os municípios de Herval d’Oeste e Joaçaba na tarde de segunda-feira (17) deixaram um rastro de destruição. De acordo com as informações repassadas pela Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), 251 residências foram atingidas (160 em Herval e 91 em Joaçaba).

Os dados apontam ainda que 11 pessoas ficaram desalojadas, todas residentes no Bairro Nossa Senhora de Lourdes, por queda de árvore em residência e casa destelhada. Ainda foram registrados 29 atendimentos por queda de árvores sobre a pista, rede elétrica e residências. No total, 08 rolos de lonas foram distribuídas pelos Bombeiros às famílias necessitadas.

Até o momento, ainda não se sabe precisar o valor do prejuízo devido aos fortes ventos.

Chuvas em Santa Catarina

De acordo com o Portal de Notícias G1, outro município da região Oeste que teve prejuízos foi Concórdia, cidade atingida por chuva forte e vendaval, segundo a Defesa Civil. Houve o destelhamento de 22 casas e os moradores receberam lona dos bombeiros voluntários.

Em Caçador, um vendaval atingiu o município por volta das 17h e causou destelhamentos em 40 casas, quedas de árvores em ruas e carros e houve queda de energia elétrica, segundo a Defesa Civil. Foi distribuída lona aos moradores.

Pouso Redondo teve vendavais perto das 17h50 que destelharam 17 casas, parte do salão da igreja Santa Rita, de uma empresa e de um rancho e granja, informou a Defesa Civil. Além disso, uma plantação de fumo foi atingida por granizo e duas árvores caíram. Os estragos foram registrados nas localidades de Santa Rita, Vila Adelaide, Centro, Independência e Boa vista Foram entregues lona e 200 telhas.

Chuva forte e vendaval atingiram Rio do Sul por volta das 18h. Uma casa e três prédios foram destelhados, segundo a Defesa Civil. Três casas sofreram alagamentos por causa do acúmulo de chuva. Um muro caiu.

Em Bocaina do Sul, houve granizo e vendaval. Oito casas foram destelhadas, segundo a Defesa Civil. Também houve prejuízos para a agricultura. Há ainda preocupação com o rompimento da barragem de uma antiga indústria desativada. Na manhã de terça (18), a Defesa Civil fará vistoria técnica no local.

Veja agora

PM recupera motocicleta furtada. Proprietário ainda não havia percebido o furto

Uma motocicleta foi recuperada na noite desta quarta-feira(23/05) pela Polícia Militar de Herval d’Oeste, num …