Laudo atesta insanidade mental de assassino em série

Fábio da Silva, considerado pela polícia Serial Killer
Fábio da Silva, considerado pela polícia Serial Killer

O processo de Fábio da Silva, considerado pela polícia Serial Killer, estava parado no Fórum da Comarca de Caçador até a última segunda-feira (13). Porém, um laudo emitido poderá dar sequência no caso que aponta Fabio como autor do assassinato de Lucas Pereira e Clarice de Andrade.

De acordo com o promotor de justiça Fernando Rodrigues de Menezes Junior, o acusado foi submetido a exames de insanidade mental a pedido da defesa e também do Ministério Público. No exame, foi contatado que Fábio possui um leve distúrbio mental, que em determinados momentos não consegue discernir o certo do errado.

O promotor explicou que mesmo com o laudo atestando a leve insanidade, ele irá a júri popular e responderá pelos crimes quais é acusado, entretanto, a pena poderá ser reduzida. Ele cumprirá pena em presídio e não em hospital psiquiátrico.

Segundo o promotor de justiça, durante os testes Fábio confessou que ele é autor do assassinado do pai, ocorrido em São Francisco do Sul no ano de 2013. “Fábio disse que a mãe assumiu a autoria do crime para não ver o filho preso. Esta confissão será comunicada ao Poder Judiciário de Curitibanos e poderá mudar completamente o posicionamento dos acusados”, disse o promotor.

O advogado Giancarlo Schveitzer, que representa o réu nas duas ações criminais, confirmou que o pedido do exame de sanidade mental partiu da defesa, embora ainda não tivesse acesso à decisão do juiz. No despacho, o magistrado Rodrigo Dadalt aponta a existência de “fundadas dúvidas a respeito da higidez mental do acusado em sua inteireza”.

Fábio da Silva é réu confesso e foi denunciado pelas mortes de Lucas Pereira, 22 anos, e de Clarisse Justino de Andrade, 23 anos. Lucas foi morto por estrangulamento, além de ter o corpo esquartejado e escondido em uma cova.

Clarisse foi assassinada em circunstâncias parecidas, tendo partes do corpo mutiladas. Ao ser preso, o acusado admitiu os crimes, mas disse não lembrar de detalhes dos acontecimentos. Ele ainda alegou que os homicídios seriam consequência de alucinações.

Fonte: Rádio Caçanjurê

Veja agora

PM recupera motocicleta furtada. Proprietário ainda não havia percebido o furto

Uma motocicleta foi recuperada na noite desta quarta-feira(23/05) pela Polícia Militar de Herval d’Oeste, num …