Delegado que passou por Joaçaba prende homem com 500 mil reais em mala

A Polícia Federal prendeu na desta segunda-feira (01) um homem com uma mala de dinheiro. Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira, irmão do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB) foi detido com aproximadamente R$ 500 mil em dinheiro dentro da mala.

500 mil reais foram encontrados em uma mala. Foto: PF divulgação
500 mil reais foram encontrados em uma mala. Foto: PF divulgação

De acordo com o G1, a assessoria do deputado disse que o irmão dele é advogado e exerce atividades independentes da campanha de Olyntho Neto.

A prisão foi realizada pela Polícia Civil. O delegado Bruno Boaventura, que passou por Joaçaba, informou que uma equipe da cidade recebeu denúncia de extorsão e por isso foi ao banco. Quanto tentaram abordar as supostas vítimas, os homens fugiram. Houve uma perseguição por cerca de três quarteirões até que os policiais conseguiram parar o carro.

Ao identificar os homens, a Polícia Civil percebeu indícios de um crime eleitoral e por isso encaminhou o caso para a Polícia Federal.

Um Policial Militar que estava com o homem dentro de uma caminhonete também foi detido. Eles estão sendo ouvidos pelo delegado Tarcísio Júnior na sede da PF da cidade.

Bruno Boaventura, trabalhou como delegado em Joaçaba
Bruno Boaventura, trabalhou como delegado em Joaçaba

Nota na íntegra

O deputado Estadual e candidato à reeleição Olyntho, está neste momento cumprindo intensa agenda de campanha no interior do Estado. O deputado esclarece que o Sr. Luiz, é empresário, advogado e que todas as atividades que exerce são independentes e têm origem lícita, e não possuem vínculo algum com a campanha eleitoral. Qualquer fato referente ao irmão do deputado será esclarecido pelo mesmo.

Fonte: G1

Veja agora

Mutirão de limpeza ocorreu no último sábado às margens de trecho da BR-282

No último sábado (08), os Agentes de Combate às Endemias e 3 Agentes Comunitários de …