CELESC emite nota sobre apagões em Herval d’ Oeste

27_12_2018_hhnhhejd
CELESC emite nota sobre apagões em Herval d’ Oeste

O Procon de Herval d’ Oeste, entrou em contato com a gerência da Central Elétrica de Santa Catarina-CELESC- para saber o porque das constantes  quedas de energia no município. A gerente regional enviou uma nota ao órgão hervalense detalhando os problemas.

Abaixo a nota:

Desde a segunda quinzena do mês de dezembro, o estado de Santa Catarina tem sido atingido por diversos temporais típicos de verão, com alta incidência de descargas atmosféricas e fortes ventos, o que pode causar falha no fornecimento de energia elétrica por proteção do sistema de distribuição.

Especificamente no caso de Herval d’Oeste, as ocorrências de domingo e segunda-feira a tarde, foram causadas por uma árvore que atingia a rede quando encharcada pela chuva, causando um curto circuito e consequente desarmamento da rede por proteção. A mesma foi devidamente podada na segunda-feira, data em que foi identificado o problema.

Ontem tivemos mais uma ocorrência, sem chuvas ou vento, causada pela falha na atuação de uma chave fusível de um transformador, levando à abertura do alimentador (rede principal), por ser a proteção seguinte àquela que falhou.

Informamos ainda que foi realizada inspeção detalhada na rede em questão e os pontos onde se faz necessária a manutenção, em especial, poda de vegetação, foram identificados e as providências estão sendo tomadas.

Para explicar o porquê da falta de energia apenas em Herval d’Oeste nos últimos dias, e não em Joaçaba, faremos uma analogia que simplifica o entendimento: pense na subestação de onde partem as redes que atendem a região como uma grande caixa d’água. Desta, partem vários “canos”, denominados alimentadores. Há um cano que atende o centro de Joaçaba, um que atende os bairros de Joaçaba, outro que atende Herval d’Oeste, e assim sucessivamente. Quando ocorre um “vazamento” em um desses “canos”, o curto circuito, há o desligamento apenas do cano que apresenta vazamento, ou seja, somente da rede que abastece o local com defeito. Por isso, Joaçaba continuava com fornecimento normal, o defeito estava na rede de Herval d’Oeste. Se o defeito fosse na “caixa d’água” (subestação), aí sim faltaria energia para todos os municípios da região, incluindo, além de Herval d’Oeste e Joaçaba, Luzerna, Ibicaré e Erval Velho.

Cientes de que todos os esforços são feitos no sentido de recuperar o sistema elétrico com segurança e no menor tempo possível para a utilização da população em geral, apresentamos nossas escusas pelos transtornos causados, reiterando a disposição permanente de prestar um bom atendimento.

Atenciosamente,

Eng. Sílvia Hafner Pozzobom
Chefe da Agência Regional de Joaçaba

Veja agora

Polícia realiza prisões de envolvidos com o tráfico de drogas no Bairro São Jorge

As Polícias Civil e Militar de Joaçaba e Herval d’Oeste, em operação conjunta, cumpriram mandado …