Autor da chacina com cinco mortes em Saudades presta depoimento à polícia e segue internado

O rapaz de 18 anos que invadiu uma creche em Saudades e matou cinco pessoas – entre elas três crianças com menos de dois anos -, falou com a polícia pela primeira vez nesta segunda-feira (10).

Conforme os delegados responsáveis pela investigação, o autor do ataque aceitou falar com os policiais e, por cerca de uma hora, deu a própria versão do acontecimento. Ele foi ouvido no leito que ocupa desde a semana passada no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó.

A Polícia Civil não divulgou mais informações sobre o conteúdo do depoimento para não atrapalhar as investigações. Uma coletiva de imprensa deve ser convocada para os próximos dias com o objetivo de esclarecer mais detalhes sobre o crime.

O autor do ataque ainda deve ser mais ouvido pelos policiais mais uma vez, depois que receber alta. Ele apresentou melhora no quadro de saúde e, conforme o boletim do hospital desta segunda-feira, pode ter condições para deixar a unidade de saúde já nesta terça (11).

Para tentar entender mais sobre as motivações do crime, a polícia encaminhou à perícia nesta segunda dois computadores que pertencem ao jovem. Um pendrive e um videogame que estavam no quarto dele também passaram por análise.

Além dos eletrônicos, explosivos que estavam com o autor do ataque foram apreendidos e vão passar por perícia. Alguns rojões foram utilizados por ele durante o crime, para assustar as pessoas na creche. (Diário Catarinense)

Veja agora

PRF resgata gata que viajava escondida debaixo de caminhão na BR-101

Na noite dessa segunda-feira (22) na BR-101, em Paulo Lopes, policiais rodoviários federais abordaram uma …