Aliança encerra o ano com 70% dos trabalhos concluídos para 2019

A Escola de Samba Aliança já está na reta final dos preparativos para a sua apresentação no próximo ano, e encerrará o ano de 2018 com 70% dos trabalhos concluídos. Seguindo um cronograma de atividades, a partir do encerramento de um desfile e definição do enredo, a Aliança já inicia a confecção de um novo carnaval. Desde abril os trabalhos são intensos nos barracões e ao chegar nesta época do ano tudo está bem encaminhado. “Como temos uma programação a seguir, chegamos ao final do ano com os serviços em dia. Provavelmente duas semanas antes do desfile já teremos tudo pronto”, destaca o carnavalesco da agremiação, Carlos Fett.

foto 1 -
Aliança encerra o ano com 70% dos trabalhos concluídos para 2019

Em 2019 a verde e branco levará para a Avenida XV de Novembro a história de grandes reis e rainhas que fazem parte da história e da nossa imaginação. Por meio do enredo “A Aliança viaja no sonho de momo e anuncia: seja mais um rei nessa folia”, produzido por Luiz Gustavo Busetti, a escola de samba buscará o heptacampeonato com a apresentação de dezesseis alas e quatro alegorias. Conforme o carnavalesco da Aliança, o cronograma de trabalhos da escola prevê a produção do carnaval de aproximadamente 10% ao mês, por esse motivo no mês de fevereiro de 2019, a agremiação já estará com 90% do trabalho concluído, restando para março os detalhes finais.

Das quatro alegorias, duas estão praticamente finalizadas, e as outras que faltam já estão nos acabamentos que compreendem a empastelação das esculturas do terceiro e quarto carro e também pintura e decoração. A etapa que acontece neste momento é coordenada pelo diretor de alegoria Eli Martins. Das dezesseis alas algumas já vão ganhando forma dentro do próprio barracão da escola e se espera que estes serviços estejam finalizados duas semanas antes do desfile, já que os dias que antecedem o carnaval serão destinados apenas para os ajustes finais.

Segundo Carlos Fett, a expectativa é que a Aliança faça um belo desfile, mesmo contando com poucos recursos e enfrentando cada vez mais dificuldades para produzir o carnaval, a escola apresentará inovação e brilho em suas fantasias e alegorias, e um enredo inédito no próximo ano.

Fonte: Laura Oliveira/Assessoria de Imprensa

Veja agora

Joaçaba enfrenta o São Francisco nesta quinta (13/06) pela Série Ouro

Pela quarta rodada da Série Ouro do Campeonato Estadual, o Joaçaba Futsal enfrenta o São …